Fale Conosco! (19) 3239-1991

Dúvidas

Como funciona o ouvido?

As ondas sonoras são captadas pelo pavilhão auricular e direcionadas para o tímpano, percorrendo o canal auditivo. As ondas sonoras alcançam o tímpano, as vibrações são irradiadas até os três ossículos. O terceiro ossículo liga-se à cóclea. Na cóclea, existem as células ciliadas. As vibrações são transmitidas para o líquido da cóclea onde as células ciliadas movimentam-se. A movimentação dos cílios gera impulsos nervosos que são enviados para o nervo auditivo. Este leva o sinal ao cérebro que traduz os impulsos naquilo que percebemos como “som”.

Como identificar uma perda auditiva?

Os sintomas incluem:

- Dificuldades em ouvir sons agudos, como vozes de mulheres e crianças, assim como canto dos pássaros.
- Dificuldade em ouvir em lugares públicos como shows, teatros, igrejas.
- Dificuldade em entender conversas com um grupo de pessoas.
- Dificuldade em ouvir ao telefone.

Quais são as causas da perda auditiva?

A perda auditiva pode evoluir gradualmente e de forma indolor. A audição pode ser prejudicada por:

- Exposição a ruído constante ou barulho intenso
- Hereditariedade
- Processo natural de envelhecimento
- Lesão traumática
- Medicamentos ototóxicos
- Alguns tipos de doenças

O que fazer quando suspeitar de perda auditiva?

O primeiro passo ao suspeitar de perda auditiva, é consultar o médico otorrinolaringologista, onde serão solicitados os testes necessários para a avaliação de sua audição.

O resultado dos testes determinará o tipo de perda e a sua severidade, além de determinar a conduta do médico para a indicação ou não da prótese auditiva caso ele conclua que o paciente irá se beneficiar com esse tipo de reabilitação.

Por que é indicado o uso de aparelho auditivo nos dois ouvidos?

A chamada “adaptação binaural” traz inúmeros benefícios ao invés da utilização de apenas um aparelho no caso de indivíduos com perda auditiva nos dois ouvidos:

- Som equalizado, mais natural com maior nitidez.
- Melhor qualidade sonora.
- Melhor compreensão da fala, mesmo em ambientes ruidosos.
- Necessidade de menor volume.
- Melhor localização da fonte sonora.

Como funciona o aparelho auditivo?

O aparelho auditivo possue três componentes básicos: microfone, amplificador e receptor. Dentro de cada aparelho auditivo, o microfone capta as ondas sonoras do ar e converte em sinais elétricos.

Estes sinais são aumentados pelo amplificador e, em seguida, o receptor os convertem ondas sonoras novamente e, finalmente, tais ondas são direcionadas para dentro do ouvido.

Qual o melhor aparelho auditivo a ser usado?

Diferentes modelos de aparelhos auditivos foram desenvolvidos para atender diferentes necessidades e tipos de perda auditiva.

O audiologista é o profissional apto a selecionar e adaptar o modelo adequado para suas necessidades, promovendo assim, uma significativa melhora na qualidade de vida e no relacionamento social do indivíduo.